Rondônia, - 22:35

 

Você está no caderno - Notícias da Região Norte
Governo
Plano de ações preventivas é iniciado devido à elevação do Rio Acre
Publicado Sexta-Feira, 12 de Janeiro de 2018, às 09:53 | Fonte Governo do Acre 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=341179&codDep=71" data-text="Plano de ações preventivas é iniciado devido à elevação do Rio Acre

  
 
 

Em Rio Branco, a cota de alerta da Defesa Civil é de 13,40 metros e a de transbordamento de 14 metros (Foto: Sérgio Vale)

 

As equipes do governo do Estado e Prefeitura de Rio Branco deram início nesta quinta-feira, 11, às ações estratégicas preventivas em face da constante elevação do nível das águas do Rio Acre. Na medição realizada às 6 horas, o manancial registrou a marca de 12,17 metros.

De acordo com dados da Defesa Civil do Estado, em 2017, nesta mesma data, o Rio Acre registrava a marca de 7,86 metros, em 2016, 4,89 metros e em 2015 – ano que registrou a maior cheia do manancial ao chegar a marca dos 17,88 metros -, no dia 11 de janeiro, a medição indicava 8,18 metros.

O coordenador da Defesa Civil de Rio Branco, coronel George Santos, informou que na manhã desta quinta-feira foram construídos 100 boxes, no Parque de Exposições da capital, para abrigar famílias que possam ter seus imóveis atingidos pelas águas do rio.

“A cota de alerta da Defesa Civil é de 13,40 metros e a de transbordamento de 14 metros, mas na prefeitura da capital começamos as ações com antecipação. Então, quando o rio atinge os 12 metros já começamos a construir os boxes e intensificar as atividades de monitoramento”, explicou o coronel.

As atividades que devem ser executadas neste período foram debatidas na tarde de quarta-feira, 10, durante reunião entre a governadora em exercício Nazareth Araújo e o prefeito Marcus Alexandre, no gabinete civil.

“A gente pensa no que pode acontecer de mais grave e torce, claro, para que não ocorra. Mas havendo a necessidade, precisamos dar a resposta e estamos preparados para isso. É a preparação que nos dá a tranquilidade das ocorrências que são típicas da nossa região amazônica, de tratá-las com aquilo que é o respeito à população e com a serenidade que a prevenção nos garante e é adequada para esse tipo de evento”, salientou Nazareth Araújo.

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Notícias da Região Norte


Comitê criado pela Arsam se reúne no Crea para deliberação de workshop de infraestrutura
No segundo semestre deste ano, será realizada a terceira edição do Workshop Copi....


Detran-AM reduz o número de vítimas de acidentes de trânsito após reforço das fiscalizações
...


Fundação Cultural do Pará e Susipe fecham parceria para projeto musical
O detento Gerson Teixeira, de 31 anos, sempre se interessou pela música, mas fora do presídio nunca teve oportunidade de fazer um curso de violão....


Casa das Artes recebe mostra de fotografias dos alunos das Oficinas Curro Velho
Com objetivo de divulgar os resultados das oficinas de fotografia do Curro Velho, a Fundação Cultural do Pará (FCP) promove a exposição “Espiar”, na Galeria Ruy Meira, da Casa das Artes, até o dia 2 março....

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM