Rondônia, - 22:37

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Vitimada por um câncer, australiana deixa carta com uma bela lição de vida
Publicado Segunda-Feira, 8 de Janeiro de 2018, às 06:26 | Fonte Blasting News 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=341009&codDep=24" data-text="Vitimada por um câncer, australiana deixa carta com uma bela lição de vida

  
 
 

Australiana deixa conselhos sobre a vida, após perder a luta para o câncer. (Foto Reprodução).

 

A jovem #Holly Butcher, uma australiana de apenas 27 anos, perdeu a luta contra o câncer na última quinta-feira (4). Nas redes sociais, a família de Holly confirmou o fato e também compartilhou uma carta escrita por ela, na qual, ela deixou diversos conselhos sobre a vida.

No início de sua carta, Holly disse que no auge de sua juventude, aos 26 anos, foi difícil perceber e aceitar a morte. Segundo ela, até então, os dias iam passando e ela apenas esperava que eles continuassem vindo. Também relata que sempre se imaginou envelhecendo, ganhando rugas, e construindo a própria família com seu companheiro.

Holly acabou falecendo na semana passada, com 27 anos.

Ao longo de sua reflexão, ela diz que a vida é algo muito frágil, preciosa e imprevisível e que ela não gostaria de partir agora, no auge de sua juventude. Entretanto, afirma que isso não está em suas mãos decidir sobre isso.

Conselhos de Holly Butcher

Na carta deixada por Holly, ela pede que as pessoas parem de se preocupar com as coisas pequenas e as tensões insignificantes da vida. Segundo ela, o destino de todos é o mesmo depois de tudo. Ela pede que as pessoas façam o que puderem para que seu tempo seja incrível, sem se apegar a besteiras.

Holly ainda diz que as pessoas deveriam se alegrar por poderem respirar. Ela também diz que o trânsito, o corte de cabelo ou a celulite não devem ser fonte de preocupação de ninguém. Segundo ela, tudo isso é muito insignificante quando se observa a vida como um todo.

Seu corpo, conforme escreve na carta, está desaparecendo diante de seus olhos e não há nada que ela possa fazer.

Os desejos descritos na carta deixada pela australiana são simples. Ela relata a vontade de ter direito de passar mais um aniversário, um Natal, ou mais um dia com sua família, seu parceiro e seu cão de estimação.

De acordo com Holly, se é mais feliz fazendo coisas pelos outros do que por si mesmo. Ao invés de gastar com coisas materiais, ela aconselha que se presenteie um amigo ou familiar. Refeições, plantas ou massagens e declarar o amor pelos outros, segundo ela, é o que mais importa.

Ao encerrar a carta, Holly aconselha as pessoas a fazerem boas ações como doar sangue. Doações de sangue, segundo ela, a ajudaram a sobreviver por mais um ano.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em INTERNACIONAL


Esta pode ser a casa mais cara que alguma vez esteve à venda
446 milhões de dólares (pouco mais de 380 milhões de euros) é quanto custa uma mansão numa zona privilegiada de Hong Kong...


Maior reserva de Moçambique perdeu 16 mil elefantes em sete anos
O abate ilegal de elefantes em Moçambique ascende a 16 mil animais mortos em sete anos, numa só reserva, Niassa, norte do país, segundo dados divulgados esta quarta-feira pelo diário O País....


TPI abre investigação preliminar sobre expulsão de rohingyas por Myanmar
Análise preliminar é a primeira etapa de um processo que poderá levar a uma investigação formal do tribunal sediado em Haia e, eventualmente, a acusações...


Crise dos opiáceos faz mais de 8.000 mortos em dois anos no Canadá
Crise dos opiáceos no Canadá é explicada, em parte, devido ao tráfico de fentanil, uma droga ilegal sintética importada da Ásia e que é considerada 30 a 50 vezes mais potente do que a heroína e 50 a 100 vezes mais potente do que a morfina...

 

ADS NEWS 2

ADS NEWS 3


:: Publicidade :::


 
 
 
 
EMRONDONIA.COM