Rondônia, - 20:30

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Os tradicionais bolinhos japoneses de Ano Novo que podem matar
Publicado Terça-Feira, 2 de Janeiro de 2018, às 16:40 | Fonte BBC Brasil 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=340711&codDep=24" data-text="Os tradicionais bolinhos japoneses de Ano Novo que podem matar

  
 
 

 

Duas pessoas morreram e diversas estão em estado crítico no Japão após engasgar com os tradicionais bolinhos de arroz servidos nas comemorações de Ano Novo.

Eles parecem inofensivos, mas a cada ano o petisco tira algumas vidas. Por isso, as autoridades têm feito alertas.

Os bolos, conhecidos como mochi, são uns pãezinhos redondos fofos feitos de arroz macio, mas difíceis de mastigar.

O arroz é primeiro cozido. Depois, socado e amassado.

 

 

 

Japoneses esmagam o arroz

Direito de imagem - AFP - Image caption - Japoneses preparam o mochi em Tóquio, socando e amassando o arroz cozido

 

 

 

É formada então uma massa de arroz pegajosa, e com ela os mochi são moldados e depois assados ou fritos.

As famílias japonesas tradicionalmente celebram o Ano Novo cozinhando um caldo de legumes no qual aquecem o mochi.

Como o mochi mata?

Os bolinhos são pegajosos e difíceis de mastigar. Tendo em conta que são bem maiores do que o tamanho de uma mordida, eles precisam ser laboriosamente mastigados antes de serem engolidos.

Qualquer pessoa que não consiga mastigá-los apropriadamente - como crianças ou idosos - vai descobrir que são muito difíceis de engolir.

 

 

 

 

Bolinho mochi

Direito de imagem - AFP - Image caption - O bolinho de arroz mochi é pegajoso e difícil de engolir, podendo ficar grudado na garganta

 

 

 

 

Se não for mastigado e apenas engolido, o pegajoso mochi fica grudado na garganta - e pode causar sufocamento.

Segundo a imprensa japonesa, 90% das pessoas que foram parar no hospital após engasgar com o bolinho eram pessoas de mais de 65 anos.

Qual a maneira segura de comê-los?

Mastigue, mastigue, mastigue.

Se isso não for possível, o bolinho de arroz precisa ser cortado em pequenos pedaços.

Anualmente as autoridades fazem um alerta para que a população coma o mochi cortado.

Mesmo assim, todo ano o bolinho leva pessoas à morte.

Na virada de 2014 para 2015, nove pessoas morreram. Em 2016 foi registrada uma morte, enquanto em 2017 foram duas.

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em INTERNACIONAL


Esperança: Ji-Paraná terá 100% de esgoto até o ano de 2040
O governador Daniel Pereira atribuiu aos novos parlamentares federais rondonienses a função de fiscalizar a obra e buscar novos recursos para ampliação de outros benefícios aos jiparanaenses....


Trump pode ter cometido delitos passíveis de destituição, diz destacado congressista democrata
Jerrold Nadler, que em janeiro preside à comissão judiciária da Câmara dos Representantes, afirma que o impeachment pode ser invocado se se provar que Trump ordenou ao seu advogado que fizesse pagamentos ilegais a mulheres em troca de silêncio sobr...


EUA devolvem às Filipinas três sinos de igreja levados há 117 anos
Associados a uma guerra que viu o massacre de populações inteiras, os sinos eram uma questão de orgulho nacional ...


“Os guardiões”. Khashoggi e outros jornalistas mortos e detidos são Personalidades do Ano para a “Time”
A prestigiada revista americana elegeu jornalistas que foram mortos e detidos ao longo do ano, “os guardiões” que lutam pela verdade, como as Personalidades do Ano 2018...

 


ADS NEWS 3




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News