Rondônia, - 17:21

 

Você está no caderno - Ação Parlamentar
Festa realizada pela Sesau
Boabaid questiona festa realizada pela Sesau enquanto saúde pública vive precariedade
Na sessão desta terça-feira (5), o deputado Jesuíno Boabaid (PMN), criticou a realização de um evento organizado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) onde servidores foram homenageados com a condecoração de medalhas, troféus e demais reconhecimentos.
Publicado Quarta-Feira, 6 de Dezembro de 2017, às 15:31 | Fonte Ale - Ascom 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=339687&codDep=53" data-text="Boabaid questiona festa realizada pela Sesau enquanto saúde pública vive precariedade

  
 
 

 

Na sessão desta terça-feira (5), o deputado Jesuíno Boabaid (PMN), criticou a realização de um evento organizado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) onde servidores foram homenageados com a condecoração de medalhas, troféus e demais reconhecimentos. A festa teria sido realizada em uma grande casa de shows de Porto Velho.

“Fiquei sabendo através da minha página na internet, onde me chamou atenção a publicação por se tratar de um evento de grande porte. E eu fiz um comentário onde questionei a procedência do financiamento desse grande evento, afinal, é fato que a saúde de Rondônia não alcançou 100% de melhorias e que os problemas continuam intermináveis”, declarou o deputado.

O deputado ressaltou que os corredores do Hospital João Paulo II ainda estão lotados de pacientes sendo atendidos no chão, citou a questão das listas de pessoas que aguardam por exames e cirurgias, algumas, em razão da demora, segundo Jesuíno, acabaram vindo a óbito.

“Com a saúde em uma situação dessa, a realização um evento desse porte é dar um tapa na cara da sociedade. E não sei se algum deputado foi convidado, mas foi uma noite de gala. Mas eu vou apresentar requerimento para esta Casa solicitar informações sobre a organização dessa festa”, afirmou o parlamentar.

Em aparte, o deputado Airton Gurgacz (PDT) explicou que esteve na Sesau nesta terça-feira e ao falar sobre o assunto, foi informado que a festa foi realizada por meio de uma cota entre todos os servidores e que lhe foi assegurado que não existiu qualquer envolvimento de dinheiro público.

Segundo Gurgacz, médicos contribuíram com maiores valores e que a festa teve como objetivo dar uma injeção de ânimo aos servidores do Estado. “Sabemos que a saúde pública não é brincadeira, tem problemas sérios, mas pelo que me informaram, foi uma forma de estimular os trabalhadores”, disse Follador.

Jesuíno Boabaid disse que aguardará que a Sesau responda seus questionamentos de forma oficial.

“Me parece que o lugar onde foi realizada a festa, se não me engano, são R$ 21 mil. Lembrando que não temos o pagamento da insalubridade dos servidores, o Plano de Carreira, Cargos e Salários dos trabalhadores da saúde está engavetado até hoje, vivemos uma situação precária nos nossos hospitais de responsabilidade do Estado, enfim. Quando chegar todas as informações sobre a organização da festa eu publicarei e tornarei pública, se teve ou não algum vínculo com a Sesau ou qualquer outro gestor público”, concluiu Boabaid.

 

 

ALE/RO - DECOM - Juliana Martins
Foto: Gilmar de Jesus

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Ação Parlamentar


Deputado Ezequiel Júnior confirma emendas para agricultura em Novo Horizonte
Na tarde de quarta-feira (23), o deputado Ezequiel Júnior (PRB), entregou duas emendas parlamentares de sua autoria ao município de Novo Horizonte. ...


Assinado convênio para reforma e ampliação da Creche Cantinho do Céu, em Ji-Paraná
As 350 crianças de dois a cinco anos, que são atendidas pelo Centro de Educação Infantil e Creche Cantinho do Céu, em Ji-Paraná, vão ser beneficiadas com uma ampla reforma e ampliação na estrutura da unidade de ensino, que atende gratuitamente e so...


Deputado Léo Moraes salienta carga tributária brasileira e ineficiência do Estado
Durante pronunciamento na sessão itinerante de Ji-Paraná nesta quinta-feira (24), o deputado Léo Moraes (Podemos) salientou que a alta carga tributária sobre os combustíveis é um dos motivos da greve dos caminhoneiros e que os parlamentares não pod...


Deputados se reúnem com pastores em Ji-Paraná
Durante reunião na tarde de quarta-feira (23), com pastores evangélicos de diferentes denominações, na Igreja Missionária Unida, em Ji-Paraná, o presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (MDB) e o deputado Laerte Gomes (PSDB), discut...

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM