Rondônia, - 12:18
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Porto Velho
EM RONDÔNIA
COMPLEXO DA EFMM CONTINUA ABANDONADO SOB A COMPLACÊNCIA DAS AUTORIDADES
Publicado Quinta-Feira, 30 de Novembro de 2017, às 16:23 | Fonte Assessoria 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=339415&codDep=27" data-text="COMPLEXO DA EFMM CONTINUA ABANDONADO SOB A COMPLACÊNCIA DAS AUTORIDADES

  
 
 

Nos dias de Sol escaldante, entre uma e outra mudança de clima, sobretudo em dias de Lua Cheia, no matagal e lamaçal que se formam no entorno dos galpões e estações de manobras usadas pelas Litorinas e Locomotivas, ‘ainda são visíveis os estragos deixados pela enchente histórica de 2014.

 

Porto Velho , Rondônia – Visitar o Complexo Ferroviário nos dias atuais pode se tornar uma grande decepção, esse é o retrato diário da desolação e descompromisso atribuídos às autoridades para com o principal cartão-postal da cidade.

A afirmação partiu, nesta quarta-feira (29), de dirigentes da Associação dos Ferroviários da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM), ainda preocupados com a postergação do processo de revitalização assumido pelo prefeito Hildon Chaves.


(Foto: Jota Gomes/Diário da Amazônia)

‘Quem vai ao Complexo pode constatar que o maquinário está em processo avançado de degradação, uma conseqüência do desgaste causado pelas intempéries. Na chuva e sob Sol escaldante, a ferrugem toma conta das locomotivas que, ‘um dia ajudaram a impulsionar a economia do município de Porto Velho’. Além da depredação das máquinas atribuídas a vândalos, roubos de peças e equipamentos do acervo por ladrões, atestam dirigentes da EFMM.

Desde o século passado, há vestígios da desgraça que se abateu sobre a Madeira Mamoré. Enquanto isso, parte das autoridades afetas às decisões tomadas pelo IPHAN, MPF, MPE e a Prefeitura ‘não tem feito o dever de casa’, afirma indignado o ferroviário de pré-nome LORD; enquanto fazia um lanche na praça da alimentação em homenagem aos ‘Pioneiros’ e ‘Expedicionários’.   

Por conta dos danos e prejuízos causados até aqui, parte das autoridades que ‘em nada ou quase nada se manifesta contrária ao seqüestro de uma locomotiva, além do roubo de peças e ferramentas das oficinas’, caso a prefeitura não ponha em prática o Plano de Revitalização do Complexo, imediatamente, arqueólogos ligados a núcleos da UNIR prevêem que, ‘logo-logo a EFMM vai virar um cemitério de destroços ferroviários’.


(Foto: Jota Gomes/Diário da Amazônia)

-Ninguém foi preso ou punido no IPHAN e na SPU, que a tudo assistiram ou acusados que são de silenciarem quanto às liberações de máquinas para escavações de rampas para o porto do Cai N’Água, justamente em áreas já tombadas pela União Federal’, ressaltaram os mais antigos dirigentes.

Nos dias de Sol escaldante, entre uma e outra mudança de clima, sobretudo em dias de Lua Cheia, no matagal e lamaçal que se formam no entorno dos galpões e estações de manobras usadas pelas Litorinas e Locomotivas, ‘ainda são visíveis os estragos deixados pela enchente histórica de 2014.

Tudo isso, somado à falta de manutenção, que só acelera o possível desaparecimento da briosa Estrada de Ferro Madeira Mamoré, cujo Plano de Revitalização e o convênio para o restauro de peças, maquinas e equipamentos foram reclamados na Justiça pela Prefeitura, ora travado na Procuradoria Geral do Município (PGM).                                                              





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Porto Velho


Deputado quer explicações da CAERD sobre descumprimento de ordem judicial e falta de água que atinge bairros de Porto Velho
A reclamação é grande da população pela falta de água e as explicações, até agora, não surgiram por parte da Caerd...


Ministro de Transporte vem a Rondônia ''inaugurar'' viaduto sem iluminação
De acordo com o Diretor Geral do Dnit, iluminação não é responsabilidade da instituição, mas será entregue por questão de segurança. Foram gastos mais de R$ 76 milhões nas obras dos viadutos....


Cantora Joelma se apresenta em Porto Velho neste sábado (2)
Evento que comemora o aniversário da RedeTV! RO e o lançamento do programa ''Você é Show'' começa a partir das 17 horas...


Em Rondônia: Transporte alternativo é clandestino, afirma Sitetuperon
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE