Rondônia, - 01:12
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Irma já gerou mais energia que 15 anos de furacões
Publicado Sábado, 9 de Setembro de 2017, às 11:36 | Fonte TSF Rádio Notícias 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=335711&codDep=24" data-text="Irma já gerou mais energia que 15 anos de furacões

  
 
 

 

Foto: Direitos Reservados / Twitter

 

 

 

 

 

 

O Irma já gerou mais "Energia Ciclónica Acumulada" do que 15 estações de furacões desde a era do satélite (desde 1966). A afirmação, no Twitter, é do meteorologista Philip Klotzbach.

Mas não é só isso que o professor da Universidade Estadual do Colorado afirma. Segundo Philip Klotzbach, o Irma está atualmente empatado com o furacão Cuba (de 1932) como sendo o mais duradouro furacão de categoria 5 em atividade no Oceano Atlântico.

Começam a ser feitas as contas aos prejuízos

O custo dos danos provocados pelo furacão Irma nas ilhas de Saint-Martin e Saint-Barthélemy foi avaliado em 1,2 mil milhões de euros, indicou hoje a Caisse centrale de réassurance (CCR), ressegurador público francês para as catástrofes naturais.

As resseguradoras são entidades que assumem o risco das seguradoras através da emissão de apólices. Na prática, são as seguradoras das seguradoras.

"Este montante inclui os prejuízos das casas, dos veículos e das empresas (incluindo as perdas de exploração)" cobertos pelo regime de indemnização das catástrofes naturais, precisou a CCR em comunicado.

O furacão Irma, que o Governo francês decretou hoje oficialmente como catástrofe natural, é "um dos mais importantes pelos quais passou a França em 35 anos", sublinhou a CCR.

Em Saint-Martin, 60% das casas ficaram inabitáveis, segundo as avaliações dos responsáveis locais.

Detida a 100% pelo Estado francês, a CCR oferece às seguradoras coberturas ilimitadas em matéria de catástrofes naturais, mas também para outros riscos associados ao interesse público, como o risco de atentados ou atos de terrorismo.

Na sexta-feira, o máximo responsável da CCR, Bertrand Labilloy, garantiu que a caixa dispõe de "reservas suficientes para cobrir o sinistro, seja qual for o custo".

O furacão Irma, que deverá chegar em força hoje a Cuba, dirige-se para a Florida, onde 5,6 milhões de pessoas foram aconselhadas a sair de suas casas.

O fenómeno causou pelo menos 19 mortos nas Caraíbas (10 dos quais nas ilhas francesas de Saint-Martin e Saint-Barthélemy), agora ameaçadas por um outro furacão, o José.

Os prejuízos poderão chegar aos 120 mil milhões de dólares nos Estados Unidos, nas Antilhas e nas Caraíbas, indicou a agência Enki Research.

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em INTERNACIONAL


Cinco gráficos que explicam como a poluição por plástico ameaça a vida na Terra
...


Juiz espanhol deixa em liberdade 6 separatistas da Catalunha
...


Quem são os 165 grupos paramilitares que atuam nos Estados Unidos
...


Forte terremoto deixa mortos e feridos na Indonésia
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE