Rondônia, - 17:09
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Rondônia
1° Fórum de Inovação Tecnológica
1° Fórum de Inovação Tecnológica em Rondônia
Projetos desenvolvidos na academia e no meio popular podem ser financiados. Investidores disponibilizam cerca de R$ 300 milhões para projetos.
Publicado Sábado, 9 de Setembro de 2017, às 11:03 | Fonte Por Toni Francis, G1 RO 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=335701&codDep=34" data-text="1° Fórum de Inovação Tecnológica em Rondônia

  
 
 

Palestras abordam potencial tecnológico e fundos de financiamento para pesquisas em Rondônia (Foto: Toni Francis/G1)

O potencial tecnológico da produção regional e a disponibilidade de recursos para financiamento de novas ideias e pesquisas na área de inovação foram destaques no 1° Fórum Rondoniense de Inovação Tecnológica. O evento foi realizado nesta semana pelo Instituto Federal de Rondônia (Ifro), em Porto Velho.

Por Toni Francis, G1 RO

O evento teve mais de 250 inscritos e, segundo os organizadores, une estudantes, representantes da sociedade organizada, empresários e o Governo em um amplo debate sobre o tema.

Na quarta-feira (13), um representante do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) falou sobre os fundos de investimento que existem para fomentar ideias e pesquisas em Rondônia.

O objetivo do Fórum, segundo o diretor do Centro de Gestão de Tecnologia e Inovação (CGTI), José Eduardo Querido, é identificar pontos de inovação que podem ser realizados em Rondônia.

“O fórum é voltado para a sociedade e empresas, para inspirar as pessoas, inclusive estudantes, a buscar inovações”, explicou.

José Eduardo e Adelfo Braz, do CGTI, palestraram nesta terça no Fórum de Inovação Tecnológica (Foto: Toni Francis/G1)

José Eduardo e Adelfo Braz, do CGTI, palestraram nesta terça no Fórum de Inovação Tecnológica (Foto: Toni Francis/G1)

Adelfo Braz Barnabé, diretor adjunto do CGTI, diz que o instituto está há 10 anos no estado e que, nesse tempo, percebeu que o potencial de Rondônia que não é totalmente explorado.

“A ideia é criar um ambiente propício para o surgimento de startups e pesquisas voltadas para as áreas de tecnologias”, comentou.

Segundo ele, atualmente há mais de R$ 300 milhões voltados para esse fim para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Segundo Adelfo Braz, o fórum é uma primeira iniciativa para mostrar que existe demanda para a geração de novas tecnologias em Rondônia.

“A expectativa é que, após esse fórum, em 4 ou 6 anos deve surgir projeto de maior vulto voltado para a área de tecnologia”, diz, afirmando que o Governo do Estado, a Universidade Federal de Rondônia (Unir) e o Ifro serão grandes apoiadores dos projetos.

Dentre os potenciais tecnológicos observados em Rondônia, Adelfo Braz destacou o desenvolvimento de espécies oleaginosas.

Jairo Tschurtscherthaler diz que Rondônia tem muito potencial que ainda não é explorado  (Foto: Toni Francis/G1)

Jairo Tschurtscherthaler diz que Rondônia tem muito potencial que ainda não é explorado (Foto: Toni Francis/G1)

Jairo Tschurtscherthaler, administrador do Ifro e coordenador de ações sociais e produtiva da rede incubadora de empresas – Rede Nova, explica que Rondônia sai de um cenário de pouca inovação para um cenário crescente.

“Esse evento traz a conscientização para mostrar o que existe de oportunidades no estado”, salienta, destacando como exemplo de inovação o feijão tropeiro que é vendido em pote.

“É um projeto desenvolvido com apoio do Ifro que traz um novo conceito para a venda do alimento”, acentua.

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Rondônia


Operação do Instituto de Pesos e Medidas de Rondônia fiscaliza radares nas rodovias urbanas de Porto Velho
Desde a última semana, equipes de fiscalização do Instituto de Pesos e Medidas de Rondônia (Ipem-RO), estão realizando a verificando periódica anual dos medidores de velocidade em rodovias federais urbanas em Porto Velho. ...


Banco do Povo inaugura novas agências em Theobroma e Cacaulândia e dispõe de R$ 10 milhões para financiar projetos
Com uma projeção de financiar até R$ 10 milhões este ano em projetos do micro e pequeno negócio de Rondônia, o Banco do Povo se organiza para inaugurar nesta quinta-feira (29), mais duas novas agências (unidades de atendimento), em Theobroma e Caca...


Defesa Civil estadual presta apoio aos municípios com risco de enchentes; Itapuã do Oeste registra famílias desalojadas
No município de Itapuã do Oeste, pelo menos 16 famílias ficaram desalojadas devido à elevação dos rios Jamary e Japiin, calcula-se que os prejuízos econômicos públicos ultrapassem os R$ 18 mil....


Idosa solicita passe livre e pretende viajar para fora de Rondônia pela primeira vez
A aposentada Orlandina Mendes Neves, de 75 anos, está perto de realizar um sonho: conhecer a cidade de Campos de Júlio, no Mato Grosso, para rever o filho e dois netos....

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::