Rondônia, - 01:20
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Rondônia
SAÚDE PÚBLICA
Curso de formação de agentes comunitários de saúde realizada pelo Cetas é destaque no Observatório Caminhos do Cuidado
A formação de agentes comunitários de saúde (ACS) feita pelo Centro de Educação Técnico Profissional na Área da Saúde (Cetas), órgão da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), foi destaque no Observatório Caminhos do Cuidado, publicação especializada em saúde.
Publicado Quarta-Feira, 19 de Julho de 2017, às 09:58 | Fonte Secom - Governo de RO 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=332986&codDep=34" data-text="Curso de formação de agentes comunitários de saúde realizada pelo Cetas é destaque no Observatório Caminhos do Cuidado

  
 
 

No total, desde sua implantação em 2014, o curso formou mais de 3400 profissionais

 

A formação de agentes comunitários de saúde (ACS) feita pelo Centro de Educação Técnico Profissional na Área da Saúde (Cetas), órgão da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), foi destaque no Observatório Caminhos do Cuidado, publicação especializada em saúde.

No total, desde sua implantação em 2014, o curso formou mais de 3.400 profissionais que estão prestando serviços para prefeituras de todos os 52 municípios de Rondônia, com foco central à ação no enfrentamento e combate ao Álcool e outras Drogas, dentro do programa de saúde mental. Boa parte dos agentes está trabalhando em programas desenvolvidos pela Superintendência de Estado de Políticas sobre Drogas (Sepoad).

Os agentes foram formados pelo Cetas dentro do programa nacional “Os Caminhos do Cuidado”. A formação em Rondônia iniciou em junho de 2014 e permaneceu até abril de 2015. Para execução no estado, o projeto recebeu o apoio do Cetas. O processo de pactuação se deu com a Comissão Intergestores Regional (CIR) e a Comissão Intergestores Bipartite (CIB), além das secretarias de Saúde dos municípios. A seleção e a formação de tutores de aprendizagem ocorreram nos meses de março e agosto de 2014, totalizando 28 tutores para conduzirem as turmas no estado.

De acordo com a coordenação estadual, o curso foi muito bem recebido por gestores municipais e alunos, principalmente nos territórios mais longínquos da capital, e considerou que o alcance da formação a todos os territórios foi o grande legado do projeto.

A equipe estadual classifica que os resultados positivos do projeto são frutos da proposta pedagógica apresentada, que despertou total interesse no aluno em retornar à sala de aula, e também do empenho das diversas equipes envolvidas. Neste sentido, a coordenadora estadual ressaltou que os próprios alunos mencionaram mudanças no atendimento às pessoas que fazem uso abusivo de drogas e que se tornaram multiplicadores dos ensinamentos do projeto em seus territórios.

 

 

 

 

METAS – Secretário Pimentel destaca compromisso do Estado

 

 

 

 

 

Para o secretário estadual de Saúde, Williames Pimentel, o reconhecimento nacional mostra que Rondônia está no caminho certo na formação de profissionais que estarão na linha de frente no enfrentamento da dependência em álcool e outras drogas. Ele cita como exemplo a proliferação do crack em Porto Velho. São vários pontos de consumo da droga – que tem poder devastador ao cérebro – na capital.

O enfrentamento está sendo feito dentro da política de humanização defendida pelo Ministério da Saúde (MS). Nosso pessoal tem treinamento para a ação. Isso ajuda muito na resposta positiva, avalia o secretário.

A última turma de Caminhos do Cuidado em Rondônia aconteceu no distrito de Extrema. A ocasião marcou o encerramento da trajetória do projeto no estado e contou com depoimentos emocionantes dos alunos. Entre os pontos relevantes dos Caminhos do Cuidado, a coordenação estadual destacou que, para a escola, o que mais marcou foi a “ponte” feita entre os municípios distantes e a capital. Já para os alunos, o mais marcante foi o conhecimento a respeito do trabalho dos Centros de Apoio Psicossocial (CAPS) e as responsabilidades de apropriação de novas maneiras de acolher e cuidar em suas práticas cotidianas.

 

 

 

Fonte
Texto: Zacarias Pena Verde
Fotos: Ítalo Ricardo
Secom - Governo de Rondônia

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Rondônia


Aumento de 8,41%: Energia elétrica mais cara em Rondônia a partir desta quinta-feira (30)
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou, hoje (28), que o reajuste anual médio na tarifa de energia elétrica aplicada em Rondônia......


Programa Luz Para Todos em Rondônia foi enganação política por parte da Eletrobras e a União
Mais de 20 mil famílias ainda estão sem luz na zona rural de Rondônia, mas Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) considera que desde 2014 estado já teria acesso universalizado à energia elétrica...


Superlotado; presídio inaugurado em 27 de julho com um custo de R$ 10 milhões é ''campeão de fugas''
Sete presos fugiram da unidade prisional na madrugada desta quarta (22), diz Sejus. Ainda não há informações de como aconteceu a fuga e a identificação dos fugitivos....


Marcos Rogério celebra inauguração do Hospital de Amor da Amazônia, em Porto Velho
A construção da unidade hospitalar teve início em 2015, e contou com recursos doados por empresários....

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE