Rondônia, - 19:12
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Ação Parlamentar
Carteiras de estudantes
Emissão de carteiras de estudantes é debatido em reunião na Assembleia
O deputado Alex Redano (PRB) realizou na tarde desta quarta-feira (28) audiência de instrução legislativa para tratar com estudantes e representantes do setor a questão da emissão das carteiras estudantis.
Publicado Quinta-Feira, 29 de Junho de 2017, às 10:06 | Fonte Ale - Ascom 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=331769&codDep=53" data-text="Emissão de carteiras de estudantes é debatido em reunião na Assembleia

  
 
 

 

O deputado Alex Redano (PRB) realizou na tarde desta quarta-feira (28) audiência de instrução legislativa para tratar com estudantes e representantes do setor a questão da emissão das carteiras estudantis.

O objetivo da reunião, segundo Redano, foi ouvir e discutir a lei de emissão das carteiras. O parlamentar informou que apresentou a lei e suspendeu sua tramitação para que seja possível ouvir os estudantes. O parlamentar disse ter recebido ideias de todo o Estado.

Alex informou, também, ter recebido denúncias de que pessoas que não são estudantes e estão tirando a carteira. Por isso sugere modelos de fiscalização para isso não acontecer.

O parlamentar disse que a lei definirá quem pode e quem não pode emitir e vender as carteirinhas. “Carteirinhas não é comércio. O dinheiro arrecadado deve ser investido em ações para beneficiar os estudantes. A lei deve prever várias ações de fiscalização”, concluiu.

O presidente da União Rondoniense dos Estudantes Secundaristas (Ures), Django Ferrreira, disse que na cidade existem cerca de dez Grêmios Estudantis e o compromisso da Seduc é realizar em agosto eleições. Ele disse concordar em grande parte do projeto apresentado, e ressaltou a responsabilidade da emissão da carteira e da comprovação da matrícula.

Django denunciou um local na avenida Carlos Gomes em que fazem carteira de forma aleatória, por isso disse que a lei tem de exigir representatividade e legitimidade das associações estudantis através de certidões e tempo de existência.

O presidente da União Estadual Rondoniense dos Estudantes (Ueres), Marinélio Pereira de Souza, disse que é preciso uma decisão jurídica sobre a emissão das carteiras, pois tem mudado anualmente. Ele defendeu o fim do monopólio na emissão, mas pediu fiscalização rígida, com aprimoramento dos controles.

O presidente da União Municipal dos Estudantes Secundaristas (Umes), Jorge Afonso Souto, disse não entender a criação de tantas entidades representativas com a mesma finalidade. “É preciso um limite, pois já existem entidades. Não há motivos de criar todo ano novas”, acrescentou.

A presidente da unidade estudantil, Paola de Albuquerque Costa, pediu maior representatividade dos estudantes nas decisões para a categoria.

Representando a União Estadual dos Estudantes (UEE), Lucas Conceição disse que tem muita associação chegando agora, sem representatividade, dizendo que defende os estudantes. “Para poder representar tem de participar das lutas e buscar direitos dos estudantes todos os dias, isso não é comércio”, afirmou.

O representante da União Municipal dos Estudantes de Cacoal, Mateus Houklef, disse que fazem a emissão das carteiras em parceria com a Ubes.

O assessor jurídico do deputado Alex Redano, João Francisco, fez esclarecimentos em relação às entidades que podem emitir carteiras de estudantes. Para ele, tem de ter critérios sobre quem pode representar e de que forma se comprovará esta representação e quem fiscalizará. “Tem carteirinha até com patrocínio de comércio local”, destacou.

A promotora de Justiça do Ministério Público, Daniela Nicolai, afirmou que as carteiras de estudante deveriam ser emitidas de forma gratuita, citando que a permissividade de emitir carteiras a quem não é estudante prejudica a toda a sociedade. Por isso pediu leis mais rígidas e que prevejam punição severas. “Comprovação de matrícula é obrigatória. A emissão da carteira não deveria ser obrigatória”, citou.

A defensora pública Luiziana Teles reafirmou a questão da fiscalização rígida, regulamentação e comprovações e quem irá emitir as carteiras para que se evite comercialização e fraudes.

O representante da Seduc, Thalles Gomes Fonseca, disse que a secretaria disponibilizará em seu site as informações de todos os alunos matriculados, por escola, o que evitará as fraudes em carteirinhas.

A coordenadora regional de educação, Irany Oliveira Moraes, salientou que são realmente muitas entidades e que as escolas têm de abrir para que elas entrem e emitam a carteira e que isso gera alguns problemas. Ela disse acreditar que poderia haver uma forma mais tranquila para o aluno ter acesso a carteira. 

Após os debates, o deputado Redano salientou que há entidades sérias, que lutam pelos direitos dos estudantes, e disse que um dos critérios da lei será a transparência, da mesma forma que órgãos públicos têm de comprovar, tudo postado no site da entidade, com entrega para o órgão fiscalizador.

O parlamentar salientou, também, a forma de eleição das chapas, a criação de projetos com ações sociais e nomes das entidades a fim de vedar instituições que não são sérias; multas para entidades que incorrerem em crimes como emissão de carteiras de pessoas que não seja estudante; e publicação dos nomes dos estudantes no site da Seduc.

Alex Redano finalizou afirmando que esta foi a primeira reunião e que outras serão agendadas para tratar não somente deste, mas de outros temas relevantes para a classe estudantil.

 

 

ALE/RO - DECOM - Geovani Berno
Foto: Lusângela França

 

FOTOS

 

 

 

 

 

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Ação Parlamentar


Ezequiel Junior confirma que quadra coberta no Ceeja em Machadinho está em fase conclusiva
Na manhã desta segunda-feira (16), o deputado Ezequiel Junior (Sem Partido), vistoriou a obra da construção de uma quadra poliesportiva no Centro de Educação de Jovens e Adultos Paulo Freire (Ceeja), em Machadinho do Oeste....


Encaminhamento tem de partir do governo do Estado, afirma deputado sobre Flona Bom Futuro
O deputado Edson Martins, 1º vice-presidente da Assembleia Legislativa comandou reunião com moradores da Flona Bom Futuro, na manhã desta segunda-feira (16), no Plenarinho da Casa de Leis, para tratar da legalização da área....


Maurão recebe pedido para que interceda pela contratação de emergenciais da Sejus
Uma comitiva formada por ex-servidores emergenciais da Secretaria de Estado de Justiça (Sejus), que atuou nas unidades prisionais de Rondônia, se reuniu com o presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PMDB), na manhã desta segunda-f...


Deputado Airton participa de festividades alusivas ao Dia das Crianças
A semana dedicada ao Dia da Criança comemorada na quinta-feira (12) foi cheia de atividades em várias cidades da região Central e centro Sul do Estado....

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::