Rondônia, - 22:22

 

Você está no caderno - Ação Parlamentar
Manutenção das usinas de nitrogênio
Comissão de Agropecuária debate manutenção das usinas de nitrogênio
A Comissão de Agropecuária e Política Rural (CAPR), presidida pelo deputado Lazinho da Fetagro (PT), debateu na semana anterior a questão das usinas de nitrogênio, a possível paralisação e custos de manutenção por se tratar de empresa exclusiva.
Publicado Quinta-Feira, 18 de Maio de 2017, às 11:37 | Fonte Ale - Ascom 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=328968&codDep=53" data-text="Comissão de Agropecuária debate manutenção das usinas de nitrogênio

  
 
 

 

A Comissão de Agropecuária e Política Rural (CAPR), presidida pelo deputado Lazinho da Fetagro (PT), debateu na semana anterior a questão das usinas de nitrogênio, a possível paralisação e custos de manutenção por se tratar de empresa exclusiva. Por isso, os administradores de duas das usinas foram convidados a prestar esclarecimentos nesta reunião ordinária.

O responsável pela usina de Porto Velho, e funcionário da Emater, Francisco Bastos ressaltou a importância da empresa para o Projeto Inseminar e Pro-Leite com a finalidade de melhoramento genético do gado leiteiro. 

Destacou que o preço hoje cobrado pela Emater ao produtor é de R$ 6,00 o litro, enquanto que no atravessador é R$16. “Se tirarem as usinas do Estado este preço vai subir acima de R$ 30, afirmou Francisco e que em Roraima chega a R$ 65, “onde até o grande produtor tem problemas, imagine ao pequeno”. A inseminação, segundo ele, é o caminho para melhorar a genética do gado ao pequeno produtor.

Bastos disse que a usina também fornece nitrogênio ao Lacen, Hospital Santa Marcelina, Agevisa, Fundação Oswaldo Cruz e Cepem. Isso, segundo ele, auxiliou nas pesquisas do Estado.

Francisco relatou os problemas nas licitações da manutenção que é feita por exclusividade da empresa holandesa fornecedora dos equipamentos que necessitam de revisão de seis em seis meses, pois trabalham 24 horas. O valor para revisão das quatro máquinas (uma em Porto Velho, duas em Ouro Preto e uma em Colorado) custa em torno de R$ 150 a 200 mil/ano.

Bastos fez apanhado de custo X benefício das usinas. Segundo ele, em um ano de funcionamento pleno, somente a usina de Porto Velho chegou a gerar R$ 217 mil ao Estado. “E são quatro que podem funcionar plenamente”, argumentou.

Relatou que as despesas do ano das unidades somam R$ 990 mil ano. Todas as unidades funcionando 12 meses podem gerar R$ 1,2 mi ano de produção. Além disso, é doado nitrogênio a unidades de saúde. “O que daria um lucro de pouco mais de R$ 200 mil”.

João Vilmar Rabel, administrador do Centrer de Ouro Preto afirmou que com as usinas funcionando na plenitude, a Emater teria condições de abastecer o programa Inseminar dentro do Pro-Leite, as unidades hospitalares e doações. “Nosso gargalo é a manutenção”.

A ideia é manter as máquinas funcionando, sem terceirização. Temos condições de manter desde que tenha manutenção, afirmou Vilmar.

Também esteve presente à reunião o gerente da usina de Ouro Preto, Adonai de Silveira Ferreira e os deputados Ribamar Araújo (PR) e Adelino Follador (DEM).

O deputado Lazinho agradeceu os esclarecimentos e que será agendada reunião com o governo do Estado e Emater para tentar resolver a questão sem que seja necessário chegar até o governador.

 

 

ALE/RO - DECOM - Geovani Berno
Foto: Lusângela França

 

 

FOTOS

 

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Ação Parlamentar


Léo Moraes entrega pedido de cedência do prédio da Ale para extensão do PS João Paulo II
O deputado Léo Moraes (Podemos) entregou um documento ao presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (MDB) solicitando a cedência do atual prédio da Casa de Leis para um anexo do Pronto-Socorro João Paulo II. ...


Secretário de finanças recomenda contingência de despesas aos poderes do Estado
A Comissão de Finanças, Economia, Tributação, Orçamento e Organização Administrativa, presidida pelo deputado Cleiton Roque (PSB) ouviu na tarde desta terça-feira (19) o secretário de finanças do Estado, Franco Ono, que falou sobre perda de arrecad...


Deputado Ezequiel Júnior destina mais uma emenda para Novo Horizonte
Na manhã desta terça-feira (19), o deputado Ezequiel Júnior (PRB), foi recebido pelo diretor-geral do DER Luiz Carlos Katatal....


Comissão debate situação do aumento da violência nas escolas da Capital
A Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, da Mulher, do Adolescente e do Idoso (Cddcmai) presidida pelo deputado Airton Gurgacz (PDT) em reunião na tarde desta terça-feira (19) analisou projetos e os parlamentares comentaram sobre a violência e...

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM