Rondônia, - 01:15
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Tecnologia e Vida Digital
Tecnologia
Esse aí é brasa: denúncias apontam que Switch pode apagar de vez e até empenar com calor
Publicado Segunda-Feira, 10 de Abril de 2017, às 10:42 | Fonte Hoje em Dia 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=326050&codDep=41" data-text="Esse aí é brasa: denúncias apontam que Switch pode apagar de vez e até empenar com calor

  
 
 

 

Em um mês, o Switch já registrou casos de deformação por calor e falha de hardware que lembram o “Anel da Morte” do Xbox 360

Em um mês, o Switch já registrou casos de deformação por calor e falha de hardware que lembram o “Anel da Morte” do Xbox 360

 

 

O Switch já mostrou que será a tábua de salvação da Nintendo, com números superiores a 1,5 milhão de unidades nos primeiros dias de vendas. No entanto, relatos de falhas e até deformação do console (como foi publicado recentemente no Reedit) podem afugentar o consumidor, que ficará receoso de ser um “premiado” numa falha de projeto. E aí vem a pergunta: vale a pena apostar em um produto na época do lançamento?

 

É nos primeiros meses de mercado que os produtos são testados para valer. Afinal, laboratório nenhum consegue replicar o comportamento de uma massa global de consumidores. E não é raro surgir falhas que vão sendo aparadas durante a vida útil do aparelho.

 

O novo problema do Switch é que ele supostamente pode se deformar se ficar muito tempo no dock para conexão com o televisor. Segundo o autor da postagem, ele praticamente não utilizou o Switch no modo portátil. Ele afirma que o tempo de uso total não superou 50 horas e percebeu que o aparelho estava empenado. Não demorou muito para outros frequentadores do Reedit também postarem fotos dos consoles deformados, assim como uma série de comentários relatando ocorrências semelhantes. 

 

Misto quente

 

Uma das supostas causas do problema pode ser o superaquecimento do console. Vários consumidores relataram que o videogame da Big N esquenta muito. No entanto, enquanto está no dock, o jogador não percebe o excesso de calor, que pode ser amplificado devido ao confinamento do console na base que literalmente faz um sanduíche do Switch. 

 

Por aqui, onde o aparelho tem sido vendido de forma não oficial (sem garantia de fábrica) com preços entre R$ 2.500 e R$ 3.500, o risco de o console derreter é algo preocupante, mesmo sendo um problema que atingiu um número muito pequeno de consumidores. A Nintendo não comentou o caso.

 

Tela Azul

 

Os problemas do Switch foram relatados logo no primeiro final de semana após a estreia. Na ocasião, alguns consumidores foram às redes sociais para apontar que as unidades tinham apresentado ruídos estranhos e, quando reiniciados, exibiam apenas uma tela azul. 

 

A Nintendo recomendou que os aparelhos fossem levados até as lojas para substituição ou despachados para a fabricante para análise. E que poderia até motivar uma ação de recall.

 

Riscos

 

O recall se tornou um termo popular no mercado automotivo, mas também atinge brinquedos, medicamentos e uma infinidade de produtos industriais. Com videogames os desdobramentos são mais brandos, devido ao fato de que geralmente as falhas de projeto ou defeitos crônicos não expõem os consumidores a acidentes.

 

Mas não é de se espantar ao vermos notícias de aparelhos que travam ou queimam com facilidade nos primeiros meses de mercado. A Microsoft teve que substituir cerca de 14 milhões de fontes de alimentação do Xbox 360 em 2005 por risco de incêndio.

 

Três Luzes Vermelhas

 

No entanto, um dos casos mais emblemáticos foi o episódio do “Anel Vermelho da Morte” ou “Red Ring of Death” (RRoD), que acometeu o Xbox 360 meses depois do lançamento, em 2005. Uma falha na placa mãe podia gerar um erro geral no hardware e inutilizar o aparelho.

 

De acordo com Peter Moore, que era presidente da divisão Xbox na época, os prejuízos com a troca de consoles defeituosos por novos foi de US$ 1,15 bilhão (R$ 3,5 bilhões). A solução foi a substituição do modelo de placa mãe, mas a Microsoft demorou para descobrir a origem do problema.

 

Então? Vale a pena comprar um console na data do lançamento ou é melhor esperar um pouco mais, mesmo que isso signifique ficar de fora dos fenômenos do momento, como o “The Legend of Zelda: Breath of the Wild”, que é a estrela do Switch?

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Tecnologia e Vida Digital


Bitcoin: o que é e como funciona a moeda virtual
...


1 em cada 3 jovens no mundo não tem acesso à internet, diz Unicef
...


Insetos, novas texturas e comida impressa em 3D: autor prevê a alimentação do futuro
...


O fone de ouvido que é capaz de traduzir 15 idiomas praticamente ao vivo
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE