Rondônia, - 02:22
Últimas Política Amazônia Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco

 

Você está no caderno - Polícia
corrupção e fraude em mato grosso
Mato Grosso: Ex-governador e mais 4 são alvos de operação por fraude de R$ 7 milhões
Operação Sodoma, que está na 5ª fase, é feita em MT, SC e Distrito Federal. Grupo é investigado em fraude com 2 empresas entre 2011 e 2014.
Publicado Terça-Feira, 14 de Fevereiro de 2017, às 08:42 | Fonte Do G1 MT 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=321613&codDep=22" data-text="Mato Grosso: Ex-governador e mais 4 são alvos de operação por fraude de R$ 7 milhões
  
 
 

Ex-governador e mais 4 são alvos de operação por fraude de R$ 7 milhões em Mato Grosso (Foto: Assessoria/Polícia Civil de MT)

O ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB), e quatro ex-secretários dele foram presos na 5ª fase da Operação Sodoma, realizada na manhã desta terça-feira (14) pela Delegacia Especializada de Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública. De acordo com a Polícia Civil, os suspeitos são investigados em fraudes de licitação, corrupção, peculato e organização criminosa em contratos com uma empresa de informática e um posto de combustível.

Os alvos dos mandados de prisão são: Valdisio Juliano Viriato (ex-secretário-adjunto de Transportes, Francisco Anis Faiad (ex-secretário de Administração), Silval da Cunha Barbosa, Sílvio César Corrêa Araujo (ex-chefe de gabinete de Silval Barbosa), José Jesus Nunes Cordeiro (e ex-secretário adjunto de Administração). O G1 ainda não localizou os advogados dos suspeitos.

Silval Barbosa (PMDB) se negou a responder pergunta na CPI, mas se disse 'angustiado'. (Foto: Renê Dióz / G1)Segundo a Polícia Civil, as duas empresas, juntas, receberam aproximadamente R$ 300 milhões, entre os anos 2011 a 2014, do governo de Mato Grosso por meio de licitações fraudadas. Com o dinheiro desviado, as empresas fizeram pagamento de propinas em benefício da organização criminosa no montante estimado em mais de R$ 7 milhões. Silval Barbosa está preso no Centro de Custódia de Cuiabá (CCC), desde a primeira fase da operação Sodoma, em setembro de 2015.

A 5ª fase da Operação Sodoma investiga desvio de dinheiro público e pagamento de propinas, realizados pelos representantes das empresas em benefício de uma suposta organização comandada pelo ex-governador, Silva Barbosa.

A investigação deve cumprir cinco mandados de prisão preventiva, nove de condução coercitiva e nove de busca e apreensão domiciliar em Mato Grosso, Santa Catarina e Distrito Federal.

Conforme investigação da Polícia Civil, as empresas foram utilizadas pela organização criminosa, investigada na operação Sodoma, para desvios de recursos públicos e recebimento de vantagens indevidas, utilizando-se de duas importantes secretarias, a antiga Secretaria de Administração (SAD) e a Secretaria de Transporte e Pavimentação Urbana  (Septu), antiga Secretaria de Infraestrutura (Sinfra).

 

 

Silval Barbosa está preso desde setembro

de 2015 pela mesma operação

(Foto: Renê Dióz / G1) 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Polícia


Feriado de Tiradentes teve 232 acidentes e 15 mortes nas estradas do Paraná
Balanços das polícias rodoviárias federal e estadual foram divulgados nesta segunda-feira (24)....


Chacina que matou 9 em Colniza ocorreu por conflito entre invasores, diz secretário
Segundo o secretário de Segurança, Rogers Jarbas, invasores não possuem título de posse dos lotes. Área no município de Colniza é alvo de disputa na Justiça há mais de 10 anos....


Goleiro Bruno se apresenta à polícia e é preso após mandado ser expedido pela Justiça
Jogador se apresentou pela segunda vez, quase 48 horas após decisão do STF que revogou liminar que o mantinha em liberdade...


Terrorismo no Brasil: Três suspeitos de mega-assalto no Paraguai são mortos durante confronto com a PF
Na madrugada desta segunda-feira (24), cerca de 50 ladrões fortemente armados invadiram a sede de uma transportadora de valores em Ciudad del Este, na fronteira. ...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
728x90 350x90
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE