Rondônia, - 02:53
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Rondônia
COMBATE AO NARCOTRÁFICO
Departamento de Narcóticos incinera quase meia tonelada de entorpecentes em Porto Velho
O Departamento de Narcóticos (Denarc) da Polícia Civil do Estado de Rondônia realizou nessa terça-feira (10) a incineração de 450 quilos entorpecentes que foram apreendidos no período de agosto a dezembro de 2016.
Publicado Quinta-Feira, 12 de Janeiro de 2017, às 07:11 | Fonte Secom - Governo de RO 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=319623&codDep=34" data-text="Departamento de Narcóticos incinera quase meia tonelada de entorpecentes em Porto Velho

  
 
 

Maconha, cocaína e outros produtos ilegais foram queimados, todos fruto de apreensões realizadas de agosto a dezembro de 2016

 

O Departamento de Narcóticos (Denarc) da Polícia Civil do Estado de Rondônia realizou nessa terça-feira (10) a incineração de 450 quilos entorpecentes que foram apreendidos no período de agosto a dezembro de 2016. Cerca de 40 policiais participaram da operação que contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O delegado-adjunto da Polícia Civil, Antônio Reis; e os delegados do Denarc, Ronicir Manfroi e Marcelo Cozac acompanharam toda a operação.

 

Antônio Reis explicou que a incineração dos entorpecentes foi fruto do trabalho dos profissionais do Denarc durante alguns meses do ano de 2016. “A atuação desta especializada tem reflexo direto na sociedade, pois retirando a droga de circulação, enfraquecemos o sistema dos traficantes, os usuários ficam sem o acesso a este tipo de produto, logo diminui o número de furtos e roubos por conta das drogas. Portanto, o trabalho do Denarc acaba transformando a realidade de várias comunidades da nossa região”, comentou.

 

Ronicir Manfroi informou que em julho de 2016 a equipe do Denarc incinerou uma tonelada de entorpecentes. “Hoje estamos incinerando aproximadamente 335 quilos de maconha, 95 quilos de cocaína e o restante de outros produtos ilegais fruto das apreensões realizadas no período de agosto a dezembro de 2016.

 

Marcelo Cozac revelou que a Delegacia Especializada realiza um trabalho continuo para combater este tipo de crime. “O trabalho à frente desta modalidade de crime precisa ser constante, e é exatamente o que o Denarc tem feito, por isso realizamos várias apreensões ao longo de 2016, identificamos os praticantes desta modalidade de crime e retiramos este indivíduo de circulação, logo impedimos a comercialização dos entorpecentes”, explicou.

 

Nessa operação, o Denarc contou ainda com o apoio dos policiais da Delegacia Especializada Contra os Crimes Organizados (Draco) e do Departamento de Estratégia e Inteligência (DEI) ambos da Polícia Civil; e o Poder Judiciário.

 

A Polícia Civil do Estado de Rondônia disponibiliza o número 197 para todo cidadão que deseja realizar denúncias sobre quaisquer prática criminosa. Vale ressaltar que a denúncia pode ser realizada de forma anônima e sigilosa.

 

Fonte

Texto: Edgar Melo

Fotos: Edgar Melo

Secom - Governo de Rondônia

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Rondônia


Psiquiatra Jairo Bouer é um dos palestrantes do seminário sobre drogas
...


Rondônia se destaca em Brasília durante reunião sobre zoneamento
Rondônia foi destaque durante a apresentação referente aos trabalhos de Atualização da 2ª Aproximação do Zoneamento na 53ª Reunião Ordinária da Comissão Coordenadora do Zoneamento Ecológico-Econômico do Território Nacional, realizada nessa quinta-f...


Barco Hospital atende comunidades ribeirinhas no rio Guaporé até dia 4 de julho
A Unidade de Saúde Social Fluvial Walter Bártolo, o Barco Hospital, iniciou os atendimentos nas áreas de saúde, social e de cidadania na quarta-feira (21) em Pimenteiras do Oeste....


Agevisa recomenda máximo de cuidado com o tétano, que matou quatro pessoas em dois anos em Rondônia
Busca de socorro imediato e vacinação em dia. Se assim o fizerem, as pessoas evitarão o agravamento do tétano, doença que matou duas pessoas em 2016 e outras duas neste ano, em Rondônia....

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
728x90 350x90
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE