Rondônia, - 01:23
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
internacional
Prefeito de Bruxelas lamenta libertação de suspeito de ataques
Publicado Terça-Feira, 29 de Março de 2016, às 07:26 | Fonte G1 - Da France Presse 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=304943&codDep=24" data-text="Prefeito de Bruxelas lamenta libertação de suspeito de ataques

  
 
 

 

Fayçal Cheffou, que se apresenta como jornalista independente, em vídeo divulgado em 2014 (Foto: Youtube / AFP)

 

 

O prefeito de Bruxelas, Yvan Mayeur, lamentou nesta terça-feira (29) a libertação por parte da justiça belga de Fayçal Cheffou, que ele considera um agitador e possível recrutador de jihadistas, apesar de ter sido liberado do caso dos atentados de Bruxelas.

 

"A fronteira está entre um radical agitado e um radical recrutador, e certamente o magistrado não quis cruzar a fronteira", disse Mayeur à rádio francesa France Inter.

 

Cheffou, de 30 anos, a princípio suspeito de ser o "homem de chapéu" do aeroporto de Bruxelas-Zaventem, foi libertado na segunda-feira, sem condições. Ele continua acusado de crimes de terrorismo, enquanto o procedimento segue o curso.

 

Este homem, que se apresenta como jornalista independente, chamou a atenção com um vídeo militante publicado na internet em meados de 2014. Em 2015, as autoridades locais suspeitaram que ele recrutava candidatos à jihad entre os vários refugiados instalados em um parque de Bruxelas.

 

"Este personagem veio agitar os refugiados, brigou com os representantes de ONGs, Médicos do Mundo, o Samu (serviço de ajuda) social, a plataforma cidadã que estava no local e, várias vezes, pedi uma intervenção", disse o prefeito.

 

"Solicitei a um magistrado, que rejeitou a intervenção e, de forma excepcional, tive que pedir uma ordem de proibição do local", completou.

 

O prefeito de Bruxelas está em Paris para debater as medidas adotadas após os atentados na capital belga que deixaram 35 mortos e 340 feridos.

 

 

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em INTERNACIONAL


Cinco gráficos que explicam como a poluição por plástico ameaça a vida na Terra
...


Juiz espanhol deixa em liberdade 6 separatistas da Catalunha
...


Quem são os 165 grupos paramilitares que atuam nos Estados Unidos
...


Forte terremoto deixa mortos e feridos na Indonésia
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE