Rondônia, - 00:12

 

Você está no caderno - Artigos
Cabra danado!
Cabra danado!
Mas que esse Confúcio é um cabra danado, isto ele é! Gostando ou não gostando dele, esta é uma verdade que não se pode negar.
Publicado Segunda-Feira, 27 de Abril de 2015, às 10:04 | Fonte Osmar Silva 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=294887&codDep=33" data-text="Cabra danado!

  
 
 

Você pode até não concordar comigo. Achar que defendo interesse pessoal e sou parcial. É um direito seu e respeito. Mas que esse Confúcio é um cabra danado, isto ele é! Gostando ou não gostando dele, esta é uma verdade que não se pode negar. Quanto mais seus opostos se exasperam torcendo por sua queda, mais ele avança com seus programas de governo. Realizando o que prometeu e se expandindo no que não se comprometeu. Tudo para atender a sociedade de Rondoniense. 
 
É um obstinado. Os que querem seu lugar passam a noite maquinando maldades. Ele, dorme cedo e começa o dia na madrugada. Eles o ofendem através de matérias e artigos virulentos publicados na mídia. Provocam-no para a discussão. Ele se esquiva, não xinga, não revida, não ofende. Aguenta calado. E trabalha. Tá na Capital, tá no interior, tá em Brasília. Isso deixa a oposição enlouquecida.
 
Agora mesmo Confúcio Moura está marcando mais um tento. Apaixonado por tecnologias aceitou a sugestão de Vicente Moura, lá no começo do primeiro mandato, e está levando a cabo uma série de ações para inserir o estado e o governo de Rondônia, efetivamente, no século XXI.
 
As redes de cabos óticos que darão materialidade ao Projeto Infovia Rondônia e Infovias Municipais, de que vem falando há tempos, estão em conclusão. Teremos byts, megabytes e gigabytes sobrando em pouquíssimo tempo. Que importância tem isso? Pergunte a qualquer pessoa se aceita viver sem internet, sem celular, sem Facebook, sem whats App, sem computador. Na cidade ou na roça. Você descobrirá.
 
Com essas infovias digitais, implantará o Projeto e-Estado, que vai integrar a gestão e administração governamental através de meios digitais. E Rondônia será o primeiro estado da federação, o pioneiro, com esse nível de modernização. Em plena selva amazônica. Será a unidade federativa com ‘governo sem papel’, interligado e integrado com todos os órgãos públicos de todos os municípios, criando as Cidades Digitais.
 
 
 
Esse projeto facilitará a vida das pessoas, criando canais democráticos que integram comunidades, cidadãos e órgãos públicos. Dará agilidade a projetos das finanças, da educação, do patrimônio, das licitações, dos recursos humanos, servidores e cidadãos em geral. Transportará prontuários médicos e matrículas escolares, ordens de prisão ou soltura, por exemplo, na velocidade de um toque, de um município para outro, de um órgão para outro. Municipalismo e cidadania ao mesmo tempo.
 
O ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, vem, em junho ou julho, lançar o plano de atendimento de telefonia móvel rural da Empresa Claro. O projeto levará os serviços de telefonia e internet para 80% dos distritos estado.
Até o final do ano serão instaladas 145 torres da Claro e cobrirão um raio de 30 quilômetros em torno de cada distrito. É cidade na roça e a roça na cidade. 
No começo a telefonia móvel rural era para poucos distritos. Os maiores. Uma meia dúzia. Agora, só meia dúzia está fora. Por enquanto. O governo acabará achando um meio de integrá-los. Como exemplifica Confúcio: “É preciso revolucionar a educação. A escola é do século IX, o professor é do século XX e o aluno é do século XXI. Precisamos romper este abismo que separa estes elementos”, e integrá-los.
É esse governador danado, com a cabeça no presente e no futuro, com vida de gato, que exaspera a oposição. Que tem olhos pra ver, mas não enxerga. É cega por opção. 
 
OsmarSilva – Jornalista – [email protected]

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Artigos


Os ventos estão soprando contra os políticos tradicionais
O exemplo de Rondônia Não se pode ignorar que o atraso piorou com o impacto da crise mundial detonada em 2008, a marolinha que virou.....


Votos nulos beneficiam siglas atoladas na Lava Jato
Uma análise feita pela equipe de pesquisa do instituto Data Folha precisa ser muito bem avaliada pela população que está com a.....


Lamentamos o incêndio que destruiu parte da história do Brasil
As labaredas que destruíram o Museu Nacional no Rio e Janeiro, afetaram também o estado de Rondônia. Acontece que faziam parte do acervo.....


Bem que o “Amor de Mãe” poderia ser exibido no Teatro
SOLIDARIEDADE Nesta quarta-feira (5), a Rondônia Cinematográfica disponibilizará duas sessões para a população assistir o filme.....

 

ADS NEWS 2

ADS NEWS 3


:: Publicidade :::


 
 
 
 
EMRONDONIA.COM